A Secretaria

A Secretaria de Estado da Economia teve sua estrutura ampliada na atual gestão, através da lei Lei Nº 20.491/2019, ao absorver atividades de planejamento e elaboração de políticas públicas junto aos demais órgãos do Executivo Estadual com foco nos resultados, economizando recursos públicos e fortalecendo o caráter estratégico da Administração Pública Estadual.

Veja aqui a Missão, Visão e Valores da Pasta.

Competências

  1. formulação e execução da política fiscal do Estado, bem como administração tributária e financeira do Estado; 
  2. fiscalização e arrecadação tributária estadual;
  3. elaboração da previsão da receita estadual e captação de recursos financeiros de origem tributária e não tributária e de instituições financeiras e governamentais, nacionais e estrangeiras;
  4. administração dos recursos financeiros do Estado;
  5. inscrição e cobrança administrativa da dívida ativa do Estado, excetuados os créditos não tributários devidos aos Fundos Estaduais de Defesa do Consumidor (FEDC) e do Meio Ambiente (FEMA), na forma da Lei estadual nº 20.233, de 23 de julho de 2018;
  6. auditoria financeira, controle dos investimentos públicos e da capacidade de endividamento da administração pública estadual;
  7. a formulação de propostas para o aperfeiçoamento da legislação tributária estadual e a orientação dos contribuintes quanto à sua aplicação;
  8. coordenação da execução das atividades de contabilidade geral dos recursos orçamentário, financeiro e patrimonial do Estado (administração direta do Poder Executivo), bem como a orientação e a supervisão dos registros contábeis de competência das entidades da administração autárquica e fundacional;
  9. administração da dívida consolidada do Estado;
  10. planejamento, elaboração, execução e controle orçamentário do Estado, além do gerenciamento do sistema de execução orçamentária e financeira do Poder Executivo Estadual, incluindo a elaboração e monitoramento do Plano Plurianual, da Lei de Diretrizes Orçamentárias e da Lei Orçamentária Anual;
  11. a elaboração e o acompanhamento do planejamento estratégico;
  12. o controle de gastos com pessoal;
  13. a formulação da política econômica e de desenvolvimento do Estado;
  14. a administração previdenciária; e
  15. promover a educação fiscal como estratégia integradora de todas as ações da Administração Financeira e Tributária, conscientizando a sociedade do seu papel na formação do Estado e buscando o apoio da ação consciente e voluntária dos cidadãos na realização da receita necessária aos objetivos do Estado e à boa qualidade da aplicação dos recursos públicos.

Perfil da Secretária

Cristiane Alkmin Junqueira Schmidt
Mestre e Doutora em Ciências Econômicas pela Escola de Pós-Graduação em Economia da Fundação Getúlio Vargas (EPGE/FGV/RJ) e Pós-Doutorado na Universidade de Columbia-USA. Foi professora de micro e macro economia para vários MBAs da FGV/RJ e de managerial economics para o MBA de Manchester Business School. É parecerista da Revista de Direito Administrativo (ROA), editada pela FGV Direito Rio, organizadora e uma das autoras do compêndio de quatro livros intitulado Questões Anpec e do livro Macroeconomia para Executivos, além de vários capítulos em outros livros. Também é consultora para empresas nacionais e organismos internacionais, como o Banco Mundial, através da Davanti Consultoria e Treinamento Econômico. Tem vasta experiência no setor privado e público no Brasil e no exterior. Exerceu o cargo de Conselheira do Tribunal Administrativo do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE). Foi secretária-adjunta da Seae/MF, gerente-geral de assuntos coorporativos da Embratel, representante da área internacional do Ibre/FGe diretora do departamento econômico do Family Office do Grupo Libra.

Conheça também a Galeria de Secretários

Canais de Atendimento

Telefones

  • Telefone Geral: (62) 3269-2000 e (62) 3269-2233 das 08h às 12h e 14h às 18h de segunda a sexta
  • Telefones da Ouvidoria Fazendária: (62) 3269-6300 - das 08h às 18h de segunda a sexta
  • Telefone exclusivo para o atendimento de Denúncias de Sonegação Fiscal: 0800 707 8081, das 08h às 12h e 14h às 18h de segunda a sexta

Atendimento presencial

Em razão da pandemia do Covid -19:

  • Em razão da pandemia da Covid -19, a Ouvidoria Fazendária está realizando atendimentos presenciais no seu endereço  a  Avenida Vereador José Monteiro, 2233, Bloco A – Sala 1 – Setor Nova Vila - CEP: 74.653-900 – Goiânia/Goiás, desde que agendado, previamente, pelo e-mail : faleconosco.economia@goias.gov.br
  • Delegacias Fiscais e Agências Fazendárias Especiais estão atendendo presencialmente somente após agendamento. Para os serviços disponíveis online e por e-mail não haverá atendimento presencial.  (Acesse aqui os contatos)

Atendimento Ouvidoria Fazendária – site

Para o registro de manifestações de Elogios, Sugestões, Solicitações, Reclamações, Denúncias e Pedidos de Acesso à Informação - (Lei de Acesso a Informação) o usuário pode:


Estrutura Organizacional

A Economia é dividida em três subsecretarias e dez superintendências responsáveis por atender ao cidadão por meio de suas atividades:

  • Superintendência de Gestão Integrada
  • Superintendência de Tecnologia da Informação
  • Subsecretaria de Planejamento e Orçamento
    • Superintendência Central de Planejamento
    • Superintendência de Orçamento e Despesa
  • Subsecretaria da Receita Estadual
    • Superintendência de Recuperação de Crédito
    • Superintendência de Informações Fiscais
    • Superintendência de Política Tributária
    • Superintendência de Controle e Fiscalização
  • Subsecretaria do Tesouro Estadual
    • Superintendência Contábil
    • Superintendência Financeira

Conheça também outras entidades que estão jurisdicionadas à Secretaria da Economia:

Agenda da Secretária

24 de setembro de 2021
Sem compromissos oficiais.

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.